terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Sem glúten e sem chatice, por favor!


Oi gentee!!

O post de hoje é mais uma conversa/conscientização sobre o consumo de alimentos sem glúten. A primeira foi nesse post aqui: Por que meu pão parece um bolo?

O estilo de vida sem glúten atualmente tem estado sempre em evidência, e é constantemente alvo de muita controvérsia.

A verdade é que toda essa "divulgação" ajudou muito no surgimento de produtos, estabelecimentos e estudos sobre o assunto, esquentando bastante o mercado com novas opções para uma alimentação mais variada para os intolerantes.

Entretanto, com todo esse "bafafá" a dieta sem glúten acabou sendo banalizada e muitas pessoas veêm esse estilo de vida como "chatice". 

Chato é quem pensa isso! hahaha
Uma dieta sem glúten vai muito além do mundo fitness/funcional (que eu respeito e considero uma ENORME ajuda na criação e oferta de novos produtos).

O glúten pode desencadear desde uma simples distensão abdominal em quem tem sensibilidade até choque anafilático nos celíacos (intolerantes ao glúten).

Existem também casos severos que afetam mais vidas, como mães em período gestacional que relatam sangramentos e até processos abortivos por conta do bebê ser celíaco. Como?! Simples.
A mãe consome pães, biscoitos, mingauzinho de aveia, caldos com temperos industrializados e tudo isso (cheio de glúten) se torna alimento para o baby.

Então, quando um conhecido pedir perto de você alguma coisa sem glúten, "não julgue pela capa". Só quem tem restrição sabe o quão difícil é o período de adaptação e a quantidade de crises e dores que se sente.

Eu acredito que um mundo com pluralidade de opiniões e pensamentos só tem a enriquecer nossa experiência de vida. Mas no final das contas, a alimentação só diz respeito à quem consome, por isso, sendo por opção ou imposição do organismo, o respeito é sempre a chave da boa convivência.

Não me entendam mal.

Eu não gostaria de viver em um mundo quadrado e sem humor. De jeito nenhum! Só quero disseminar um pouquinho mais de conhecimento/realidade do universo sem glúten (que vale também para o sem leite/lactose).

Se você já sabe de tudo isso e leu até agora, muito obrigada! 
Quanto mais argumento tivermos, melhor. Pois no final, somos nós mesmos os responsáveis por plantar as sementinhas da consciência no coração das pessoas :)

E por fim, eu queria aproveitar e agradecer os comentários e mensagens que alguns de vocês deixam contando as dificuldades e superações com relação às suas restrições. Eu fico muito feliz em poder conhecer um pouquinho mais de cada um!

Sem contar as sugestões de receitas que estão mandando... to amando trocar ideias!! \o/

Saber que de alguma forma o site da Cozinha Sem Restrições tá dado uma "mãozinha" na alimentação de vocês me deixa muuito feliz!! 

Mais uma vez obrigada, e fiquem de olho que essa semana tem vídeo com receita nova!

Até mais ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário